Plantador pode ser alternativa para culturas de cobertura

    Os agricultores que usam um plantador de culturas de cobertura desenvolvido por cientistas agrícolas da Universidade de Penn State, nos Estados Unidos, podem precisar de uma única viagem através do campo para realizar o que a maioria dos agricultores precisa de três entradas e vários equipamentos para fazer. O custo e a colheita tardia de milho e outras culturas limitam o desenvolvimento da cobertura, já que é um processo bastante lento.

    O plantador pode ajudar os agricultores, especialmente pequenas operações, a economizar tempo e dinheiro condensando várias tarefas em uma viagem através de um plantio direto. Também permitiria que os agricultores plantassem campos que não tivessem plantas de cobertura devido a preocupações e custos de fim de temporada. "Você pode fazer três coisas de uma só vez", disse Roth. "Você pode plantar a cultura de cobertura, adicionar fertilizante e pulverizar um herbicida para matar as ervas emergidas", conclui.

    Ao contrário do arado, a agricultura de plantio direto usa uma quantidade mínima de perturbação do solo ao plantar sementes, um método que melhora o solo e previne a erosão. As culturas de cobertura desempenham um papel importante na redução do escoamento e ajudam a construir material orgânico no solo durante o outono e a primavera.

    Um trator puxa a plantadeira através das linhas do campo de milho usando um sensor para guiar o dispositivo entre as linhas. O dispositivo tem várias lâminas que elevam ligeiramente o solo entre as filas para criar uma fileira de sementes. As sementes caem no chão e um rolo de rastreamento empacota a semente em seu lugar

    — Agrolink

     

    Envie seu Comentário